Escola

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O NOSSO SITE OFICIAL

Endereço e contatos:

UNIDADE I - Rua. Tab. Eurydice de Barros Esteves, 156, Mangabeira I, João Pessoa, Paraíba 58055-450, Brasil

Contatos:
Oi (83)98740-2530 (WhatsApp)
Tim (83)99966-6875
Claro (83)99102-3221
Vivo (83)98101-7208

Sobre o fundador... Visite as redes sociais do Prof. Elvis Chaves...

E-mail: profelvischaves@yahoo.com.br
Blog
Site oficial
Facebook
Google+

YouTube

Use o GPS:


FAÇA SUA BUSCA NO BLOG AQUI

segunda-feira, 31 de março de 2014

PARTITURAS PARA TECLADO - Tico tico no fubá.


Para ter acesso a essa partitura em formato PDF, solicite via e-mail:
profelvischaves@yahoo.com.br



PARTITURAS PARA TECLADO - Milonga para as missões.

https://drive.google.com/folderview?id=0B-u5zPLOOFPqNjVtYmJQd2NvZzQ&usp=sharing
 

 

sábado, 29 de março de 2014

Então é natal.







Blue night.



Where do I do begin.








sexta-feira, 28 de março de 2014

Dicas fundamentais para seu aprendizado.

Está na hora de você ficar por dentro das principais dicas que te vão te auxiliar em todo seu aprendizado e servirá para que você tenha uma boa interação com o teclado.

Irei dividir em tópicos, para que fique mais fácil de você ler e interpretar tudo que vamos escrever aqui. Lembre-se que não somos o dono da verdade, porém seguindo essas dicas você terá meio caminho andado. Leia com bastante atenção mesmo. Você pode até achar que é uma coisa simples, mas no fundo
no fundo colherá frutos com isso no futuro.

Principais elementos na hora de tocar:

Os principais são:
  • Ser capaz de tocar o material escolhido com facilidade.
  • Ser capaz de tocar o material escolhido com percepção, interpretação e sentimento.
  • Ser capaz de tocar (quando requisitado) de maneira a se integrar com outros músicos, instrumentos e sons na mesma peça musical.
OBS: É possível tocar com "sentimento" ao ir aprimorando a técnica necessária para tocar uma música. Quando você estiver familiarizado com a partitura e puder tocá-la facilmente, você poderá se concentrar em tocá-la com perfeição e expressividade.

É possível aprender partituras que demandem uma grande expressividade de sentimentos e que ao mesmo tempo não requerem tanta habilidade técnica.
A única maneira de ser bom tocando com outros, é tocando com outros.
Quando fizer isso, assegure-se de ouvir o que os outros estão tocando e à
música como um todo. Não concentre-se só na sua parte !

O começo de tudo

Para tocar bem um instrumento, é importante começar a aprender com uma técnica correta. Isso envolverá postura, e, de acordo com o instrumento, alguns sites como posição das mãos, respiração, curvatura do arco, etc.

Por exemplo, se você quer tocar teclados, você deve ter conhecimento de como posicionar suas mãos e pressionar as teclas; se você quer tocar guitarra você deve saber como os dedos devem ser posicionados no braço e as maneiras de pressionar as cordas.

Por isto você deve ter um bom professor. Se você começar da maneira correta, não terá que corrigir maus hábitos ou tocar mais exaustivamente do que o necessário. Além disso, se você já tiver aprendido corretamente um instrumento musical, você achará mais fácil aprender um segundo, um terceiro e, assim por
diante.

Quanto à melhor hora para começar, da criança à terceira idade, a música proporcionará inúmeras vantagens: do estímulo à inteligência, criatividade e realização pessoal no caso de crianças, até o uso da música como terapia nas pessoas da terceira idade.

Comprando um Teclado

É importante comprar um instrumento do nível e qualidade de acordo com suas necessidades. Se você é iniciante, não deve gastar milhares de reais em um instrumento "top de linha", que você ainda não sabe tocar. A não ser que você tenha absoluta certeza de seguir adiante com o estudo.

Por outro lado, você também não deve escolher o mais barato ou o de pior qualidade. Isso pode diminuir o seu prazer de tocar.
Muitas pessoas preferem comprar um instrumento mais barato primeiro. Uma vez assegurado que gostam do instrumento e podem conseguir tocar bem o suficiente para se beneficiarem de um instrumento melhor, adquirem um outro.

Aconselho teclados da marca Yamaha e Roland. Esses, sem dúvida alguma, são os melhores e mais úteis para seu aprendizado, visto que, por possuírem diversos tipos, há a possibilidade de você encontrar um que faça jus às suas características.

Como praticar:

Primeiro, você deve aprender a tocar com perfeição, devagar. Evite tocar depressa nas primeiras vezes.

Aprenda repetindo as técnicas e exercícios no instrumento. Por exemplo: como tocar uma escala, mover suavemente de um acorde para outro, etc.

Repetir a técnica, aumentando a velocidade de acordo com o que você conseguir, tocando corretamente. Aumente lentamente a velocidade até que você fique confortável com a velocidade requerida pela música.

Trabalhe a técnica correta em casa música, tocando cada tecla, uma separadamente e devagar.

Junte as notas, tocando devagar e treine as partes de união entre elas.

Pratique toda a música, do início ao fim, quantas vezes forem necessárias.
Lembre-se: Paciência em primeiro lugar!

O que não fazer
  • Não insista em tocar em um instrumento que esteja em más condições de funcionamento.
  • Não queira ser profissional da noite para o dia. O estudo da música demanda força de vontade e paciência. Muita calma nessa hora!
  • Não desista na primeira tentativa. Às vezes, algo que parece difícil, após algumas horas de treino ficam mais fáceis do que podemos imaginar.
  • Não deixe de treine bastante a mão esquerda (mão dos acordes) para que você possa tocar uma música sem precisar ficar olhando a todo momento para a esquerda, quando fizer um acorde.
  • Não queira sair tocando uma partitura sem antes estudar bem o que representa cada símbolo.
  • Não queira saber uma partitura de uma hora pra outra. Toque músicas a partir do método que estamos expondo aqui, pois acaba sendo, inclusive, um treinamento para que você adquira agilidade nas mãos e dedos.

Deixe seu comentário...

quinta-feira, 27 de março de 2014

Speak softly love.



PARTITURAS PARA TECLADO - Maravilhas divinas.




Mantenha os teclados digitais felizes




segunda-feira, 24 de março de 2014

ACORDES MAIORES COM SÉTIMA MENOR PARA TECLADO E PIANO








quinta-feira, 20 de março de 2014

DICIONÁRIO DE ACORDES PARA VIOLÃO E GUITARRA









https://drive.google.com/folderview?id=0B-u5zPLOOFPqX3dxMElrbWJJWlU&usp=sharing

quarta-feira, 19 de março de 2014

Teclados: mestres de todos os instrumentos.


sábado, 15 de março de 2014

PARTITURAS PARA TECLADO - Feira de Caruaru.


https://drive.google.com/folderview?id=0B-u5zPLOOFPqNjVtYmJQd2NvZzQ&usp=sharing



sexta-feira, 14 de março de 2014

Algumas regras básicas para um bom dedilhado.

  • Toque a nota mais alta no trecho com o dedo mínimo da mão direita.
  • Toque a nota mais baixa do trecho com o polegar da mão direita.
  • Quando você tiver colocado o polegar ou o dedo mínimo na nota mais alta ou na mais baixa do trecho, use o dedo mais conveniente em cada tecla ao tocar as notas anteriores e posteriores a tecla correspondente a nota mais alta ou mais baixa.
  • Se não houver dedos suficientes para todas as notas, volte e tente esticar a mão para distribuí-los sobre uma área mais ampla do teclado. Se você estiver se distanciando do centro do teclado, tente cruzar o polegar por baixo da mão. Se você estiver indo em direção ao centro do teclado, experimente cruzar os demais dedos por sobre o polegar.
  • Nunca use o dedo mínimo antes de chegar a nota mais alta na mão direita ou a mais baixa na esquerda. Se assim o fizer, a mão terá que dar um salto desajeitado ao trocar de posição.
  • Experimente diversos dedilhados diferentes para os trechos complicados. Escolha o que parecer mais natural para a mão.
  • Uma vez escolhido o melhor dedilhado para um trecho, anote os números dos dedos a lápis acima ou abaixo das notas na partitura.
  • Use sempre o mesmo dedilhado ao treinar uma outra música.
Muito dos exercícios e partituras deste curso tem sugestões de dedilhado, mas esteja à vontade para usar dedilhados diferentes se funcionarem melhor para você. O bom dedilhado lhe dará mais suavidade ao tocar, o ajudara a aprender uma música com mais rapidez e lhe dará mais segurança para que os dedos não escorreguem ou toquem a tecla errada.

Para ajudá-lo a usar o dedo correto em cada tecla, damos números aos dedos. Os números dos dedos estão escritos abaixo das notas de algumas partituras. Coloque a mão sobre qualquer grupo de cinco notas, mantendo cada dedo acima de uma tecla. Treine a numeração dos dedos tocando as teclas com o dedo correto conforme indicado for indica pelo professor.


Como já foi dito antes, tocar um Teclado Arranjador é muito semelhante a tocar Piano. No entanto, algumas técnicas adicionais são necessárias para se tocar Teclado Arranjador de forma adequada. Elas incluem:
  • Técnicas de teclado (Dedilhado)
  • Técnicas de registração (Programação do instrumento).
Tocar teclado exige tais técnicas porque o mesmo pode, dependendo do timbre escolhido, produzir o som de modo diferente do piano. Quando se toca uma tecla do piano, a nota soa, abaixa de volume e continua durante alguns segundos depois de se soltar a tecla. No teclado, ao se tocar uma tecla, a nota poderá continuar com o mesmo volume até que seja solta, o que faz com que o som se interrompa imediatamente.

Para atingir-se um som suave e limpo, e necessário apertar cada tecla com firmeza e liberá-la exatamente no mesmo instante em que se aperta a tecla seguinte. Algumas técnicas que ajudam a se fazer isso são: Troca de dedos, Cruzamento de dedos e Glissando. Use qualquer combinação de técnicas para ajudá-lo na passagem de uma tecla a próxima mantendo as notas.
  • Troca de dedos: Se um dedo que já está tocando uma tecla for necessário para tocar uma outra, coloque outro dedo na tecla e, a seguir, mova o primeiro dedo para a tecla que será tocada em seguida.
  • Cruzamento de dedos: Para tocar uma tecla adjacente, ao invés de substituir os dedos, normalmente é melhor cruzar um dedo mais longo sobre um mais curto ou um mais curto sob um mais longo.
  • Glissando ou Glissar: Chama-se glissando ao deslizar de um dedo de uma tecla para outra. Apesar de esta técnica poder ser utilizada para se mover o dedo de uma tecla branca para outra, ela é mais adequada para quando se desliza o dedo de uma tecla preta para uma branca adjacente ascendente ou descendente.
Exercícios de Digitação para Iniciantes

O teclado, assim como qualquer instrumento musical exige treino não só teórico, mas prático. A maior dificuldade no início é ganhar uma boa coordenação e destreza nos dedos, assim como a independência das duas mãos. Se é novato no teclado e já alguma vez experimentou, deve ter notado que ter essa coordenação parece uma coisa impossível. Pois tenho boas notícias, não só é possível como qualquer um pode fazer, mas com três condições...treino, treino e TREINO!
 
Vamos ensinar agora alguns exercícios de digitação para iniciantes que vão ajudar você a ganhar destreza nos dedos e coordenação motora. Lembre-se que de início vai parecer muito complicado, mas se tirar todos os dias meia hora para treinar, ficará impressionado com o seu desenvolvimento.

Vamos atribuir um número a cada dedo das mãos. Depois mostraremos o teclado do piano e colocará os dedos nas teclas como indicado na imagem. Em seguida aparecerá uma sequência de números que indicam a sequência que deverá tocar. Os dedos terão então o número um para o polegar, o número 2 para o indicador, o número 3 para o dedo médio, o número 4 para o anelar e o número 5 para o mindinho.

Agora colocará as duas mãos em cima do teclado do piano como mostra a imagem:
 
Encontre o Dó central (Dó3) no teclado e coloque o dedo 1 da mão direita em cima dele, e os restantes dedos nas teclas subsequentes. A mão esquerda ficará uma oitava abaixo. Relaxe os dedos e mantenha-os encostados nas teclas. Concentre-se em mexer apenas os dedos para tocar as notas desejadas. Começaremos pela mão direita, faça os exercícios lentamente e com muita paciência, aumente a velocidade quando estiver seguro e confortável:

Mão direita: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 4 - 3 - 2 - 1 Repita a sequência até se sentir confortável.

Mão esquerda: 5 - 4 - 3 - 2 - 1 - 2 - 3 - 4 - 5 Quando já se sentir confortável comece a tentar fazer com ambas as mãos simultaneamente:

Mão direita: 1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 4 - 3 - 2 - 1

Mão esquerda: 5 - 4 - 3 - 2 - 1 - 2 - 3 - 4 - 5

Repita os exercícios até se sentir seguro e confortável. Tenha calma e seja persistente, ga-ranto que chegará lá rapidamente.

Quando se sentir confortável com a sequência anterior faça a seguinte com a mão direita:

Mão direita: 1 - 3 - 2 - 4 - 3 - 5 - 4 - 2 - 3 - 1

Esta sequência é um pouco mais complexa, mas é um ótimo exercício para ganhar coorde-nação motora dos dedos.

Mão esquerda: 5 - 3 - 4 - 2 - 3 - 1 - 2 - 4 - 3 - 5

Novamente, quando se sentir confortável com cada mão comece a fazer com ambas em simultâneo:

Mão direita:        1 - 3 - 2 - 4 - 3 - 5 - 4 - 2 - 3 - 1

Mão esquerda:    5 - 3 - 4 - 2 - 3 - 1 - 2 - 4 - 3 - 5

Faça estes exercícios até se sentir seguro e confortável, vá aumentando a velocidade à medida que melhorar, assim você ganhará a coordenação necessária.


Uma boa postura

Observação importante: Os textos mencionam diversas vezes o piano, entretanto, as dicas de posturas geralmente são aplicáveis tanto para o teclado como para o piano.





quarta-feira, 12 de março de 2014

As características da Música e do som


Sobre isso, leia também:

http://assuntosdaana.blogspot.com.br/2010/05/propriedades-do-som.html#comment-form

http://www.youtube.com/watch?v=Me0uLb9Qu6g

http://www.brasilescola.com/fisica/intensidade-timbre-altura.htm

http://conservatorio0.tripod.com/propriedades_do_som_.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/Som

segunda-feira, 10 de março de 2014

PARTITURAS PARA TECLADO - Hino Cigano.

Para ter acesso a essa partitura em formato PDF, solicite via e-mail:
profelvischaves@yahoo.com.br


Contando as Notas Musicais


Como a Teoria ajudará minha música?


O que é a Teoria Musical afinal?


sábado, 8 de março de 2014

A invenção da impressão... / Partitura - Original ou Cópia?


 





Loading...