Escola

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O NOSSO SITE OFICIAL

Endereço e contatos:

UNIDADE I - Rua. Tab. Eurydice de Barros Esteves, 156, Mangabeira I, João Pessoa, Paraíba 58055-450, Brasil

Contatos:
Oi (83)98740-2530 (WhatsApp)
Tim (83)99966-6875
Claro (83)99102-3221
Vivo (83)98101-7208

Sobre o fundador... Visite as redes sociais do Prof. Elvis Chaves...

E-mail: profelvischaves@yahoo.com.br
Blog
Site oficial
Facebook
Google+

YouTube

Use o GPS:


FAÇA SUA BUSCA NO BLOG AQUI

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Compasso simples - Compasso composto - Compassos correspondentes.


Muita gente tem dificuldade em perceber o que é um compasso simples e um compasso composto. Os compassos simples e os compassos compostos sentem-se de forma diferente, e a sua escrita também possui diferenças. Vamos ver alguns pontos que nos ajudam a identificar facilmente se um compasso é simples ou se um compasso é composto.

Fórmula de Compasso, Simples ou Composto?

Na partitura, a fórmula de compasso aparece logo após a clave, no início da pauta musical. Consiste em dois números, um em cima do outro. Este conjunto de números tem o nome de fórmula de compasso. Como já foi visto, estes números indicam:
  1. O número de batidas, pulsos ou tempos por compasso: O número de cima, diz-nos quantas batidas contém cada compasso. Se o número for quatro então cada compasso tem quatro batidas.
  2. Qual nota recebe a duração de uma batida, pulso ou tempo: O número de baixo indica qual a nota que recebe a duração de uma batida.
1 = Semibreve;
2 = Mínima
4 = Semínima
8 = Colcheia
16 = Semicolcheia
32 = Fusa.

Agora vamos ver as características de cada tipo de compasso e como identifica-los.

Fórmula de Compasso simples - Características:
  • As notas com a duração mais pequena que um tempo unem-se sempre de forma a que o seu valor total dure uma batida. Por exemplo no tempo 4/4 duas colcheias unem-se para equivaler a uma batida. Se tivermos 3 colcheias unimos apenas duas e uma fica separada pois o valor dessa união daria uma batida e meia.
  • A contagem do tempo é feita dando uma ênfase na primeira batida de cada compasso. Por exemplo no compasso 4/4, a contagem correta seria: UM dois três quatro | UM dois três quatro.
Como identificar uma fórmula de compasso simples:
  • Qualquer fórmula de compasso com o número de cima 2, 3, 4, 5 ou 7 é considerado como sendo simples.
  • A nota que tem a duração de uma batida não é uma nota pontuada.
Fórmula de compasso composta - Características:
  • As notas com a duração menor que um tempo se unem sempre em grupos de 3. Isto significa que essa união não vai resultar numa duração total de uma batida.
  • A contagem é feita dando uma ênfase a cada 3 tempos. Por exemplo, no compasso 6/8 a contagem seria: UM dois três UM dois três | UM dois três UM dois três. Sendo que, a cada contagem de três supostos sub tempos, tem-se um tempo principal.
Como identificar uma fórmula de compasso composta:
  • O número de cima é divisível por 3 exceto quando o número é o próprio três: Qualquer fórmula de compasso com o número de cima 6,9,12,15 é considerado como sendo composta.
  • A nota que tem a duração equivalente a uma batida é uma nota pontuada: Por exemplo num compasso 6/8. No tempo simples o oito significaria seis colcheias a preencher um compasso. No tempo composto as notas são agrupadas em grupos de três, isto quer dizer que se agruparmos seis colcheias em dois grupos de três, cada grupo terá a duração de uma semínima pontuada, ou seja um três tempo. Então o 8 nesta fórmula de compasso não indica a nota colcheia mas sim a nota semínima pontuada.
Seguindo estas regras pode saber facilmente se está a lidar com um compasso simples ou com um compasso composto.

Compassos correspondentes – são os compasso simples e o compasso composto que têm o mesmo
número de tempos e a mesma unidade de tempo, sendo esta simples no primeiro e pontuada
no segundo.

  • Tendo-se um compasso simples, acha-se o correspondente composto multiplicando-lhe o númerosuperior por 3 e o inferior por 2.

2 x 3 = 6
4 x 2 = 8

  • Tendo-se um compasso composto, acha-se o correspondente simples dividindo-lhe o número superior por 3 e o inferior por 2.

6 : 3 = 2
8 : 2 = 4



Em resumo:

Tendo-se uma fórmula de compasso, conhece-se o número de tempos e a unidade de tempo da
seguinte forma:
a) Vê-se o número superior:
- Sendo 2, 3, 4, 5, ou 7 – o compasso é simples.
- Sendo 6, 9, 12, 15 ou 21 – o compasso é compostos.
b) Se o compasso é simples, o número superior indica o número de tempos e o inferior, a unidade
de tempo.
c) Se o compasso é composto, acha-se o correspondente simples: o composto terá o mesmo número
de tempos e a mesma unidade de tempo ( mas pontuada ).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...