Escola

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O NOSSO SITE OFICIAL

Endereço e contatos:

UNIDADE I - Rua. Tab. Eurydice de Barros Esteves, 156, Mangabeira I, João Pessoa, Paraíba 58055-450, Brasil

Contatos:
Oi (83)98740-2530 (WhatsApp)
Tim (83)99966-6875
Claro (83)99102-3221
Vivo (83)98101-7208

Sobre o fundador... Visite as redes sociais do Prof. Elvis Chaves...

E-mail: profelvischaves@yahoo.com.br
Blog
Site oficial
Facebook
Google+

YouTube

Use o GPS:


FAÇA SUA BUSCA NO BLOG AQUI

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Referências para leitura - Unidade de tempo e unidade de compasso.


A relação de proporção entre as figuras, (1, 2, 4, 8, 16, 32 e 64) serve de referência para entendermos a sua duração, mas, as figuras em si não possuem uma duração específica definida. Quer dizer, a duração real das notas representadas por estas figuras está relacionada às indicações da fórmula de compasso e ao andamento da música.

Vamos entender melhor as indicações da formula de compasso. Como vimos anteriormente, o numerador, que é o primeiro algarismo da fração, indica o tamanho do compasso: quantos tempos teremos em cada compasso. Por isso esse número é chamado de “Unidade de Compasso” (U.C.). O denominador, que é o algarismo da parte de baixo da fração, representa a figura rítmica que terá o valor de um pulso ou um tempo. Por isso esse número é chamado de “Unidade de Tempo” (U.T.). Ou seja, se a U.T. é representada pelo número 4, quer dizer que a semínima valerá um tempo. Se for o número 2, então será a mínima a figura com valor de um tempo e assim por diante. Sem entender bem a indicação da formula de compasso fica bem difícil ler a partitura corretamente.



Vamos imaginar um exemplo: numa música em compasso 4/4 com o andamento em 60 B.P.M. A figura representada pelo número inferior da fórmula, 4, será nossa “Unidade de tempo”, ou seja, aquela figura que assume o valor de um tempo ou um pulso na música será a semínima, que representa a parte da semibreve. Neste caso, cada semínima terá a duração de um pulso musical (Um tempo), pois, já que o andamento da música é de 60 B.P.M. cada pulso corresponde a um tempo, o que será precisamente a duração de uma semínima nesse compasso 4/4.

Para a leitura correta da partitura é preciso compreender a duração relativa de cada figura, ou seja, a proporção de cada figura em relação à unidade de tempo. Desta forma, podemos preferir um andamento mais rápido ou mais lento que o indicado, mas as durações relativas precisam ser respeitadas para não descaracterizar a música. No nosso exemplo, podemos saber com segurança que, sendo o compasso 4/4, dá para escrever quatro semínimas em cada compasso, ou duas mínimas ou uma semibreve. Podemos ainda subdividir cada tempo em várias partes. Em cada tempo caberão duas colcheias, que valem a metade da semínima, ou ainda quatro semicolcheias, ou oito fusas e até dezesseis semifusas por tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...