Escola

CLIQUE AQUI PARA VISITAR O NOSSO SITE OFICIAL

Endereço e contatos:

UNIDADE I - Rua. Tab. Eurydice de Barros Esteves, 156, Mangabeira I, João Pessoa, Paraíba 58055-450, Brasil

Contatos:
Oi (83)98740-2530 (WhatsApp)
Tim (83)99966-6875
Claro (83)99102-3221
Vivo (83)98101-7208

Sobre o fundador... Visite as redes sociais do Prof. Elvis Chaves...

E-mail: profelvischaves@yahoo.com.br
Blog
Site oficial
Facebook
Google+

YouTube

Use o GPS:


FAÇA SUA BUSCA NO BLOG AQUI

sábado, 17 de dezembro de 2016

O metrônomo.

Andamento é a velocidade da música e, só um instrumento pode indicar com precisão absoluta, o andamento da música, o Metrônomo

Metrônomo é um aparelho de relojoaria, colocado dentro de uma caixa em forma de pirâmide, e que aciona um pêndulo. A cada batida deste se faz corresponder, geralmente, um tempo do compasso. 

Os músicos utilizam metrônomos para manter um tempo padrão, ou seja, um pulso regular ao longo de toda a composição ou uma de suas seções. Mesmo em peças que não possuem marcação rígida de tempo, um metrônomo pode ser usado para indicar o tempo em torno do qual as variações serão realizadas. 

Existem dois tipos de Metrônomos: Mecânico de Pêndulo e Eletrônico. 



No Metrônomo Mecânico ou de Pêndulo, um mecanismo a corda, semelhante ao de um relógio despertador utiliza um pêndulo para a regulação do pulso. O pêndulo consiste em uma haste metálica com um peso deslizante. Quanto mais próximo o peso está do eixo, mais rápido é o período do pêndulo, quanto mais longe, mais lento. Os metrônomos possuem uma escala graduada em bpm e também uma indicação do andamento atrás do pêndulo. Um mecanismo interno produz um som (click) a cada pulsação do pêndulo. A maioria dos metrônomos modernos são eletrônicos e utilizam cristais de quartzo para a regulação de tempo. Os mais simples possuem um dial para controlar o tempo. Alguns podem estar incorporados a afinadores eletrônicos ou produzir um tom de afinação (diapasão - usualmente 440 Hz). Um dos mais sofisticados metrônomos eletrônicos, o Dr Beat da Boss pode produzir compassos compostos e contar os tempos usando uma voz digitalizada. 

Os Metrônomos Eletrônicos mais atuais têm ajustes de compasso, do tempo e podem reproduzir tons diferentes para indicar o início do compasso e eventualmente os tempos fortes e fracos. Em geral são utilizados padrões binários, ternários ou quaternários. Os exemplos abaixo demonstram estes padrões. 

Muitos programas de edição de áudio e partituras, como o Encore, Sibelius, Finale, Musescore e outros possuem geradores de metrônomos. A maioria dos teclados eletrônicos também possuem essa função já integrada ao seu sistema. 

Os compositores incluem marcações de metrônomo no início da partitura ou quando há uma alteração de andamento para indicar com precisão a velocidade com que desejam que a música seja executada. A indicação metronômica, marcação metronômica ou marcação de andamento na notação musical padrão é feita da seguinte forma: 



Esta indicação se refere sempre a “tantas notas (Batidas, pulsos ou unidades de tempo) por minuto”. Assim, no exemplo acima, a velocidade da música é de 120 semínimas por minuto, isto é, o pêndulo dará 120 batidas por minuto, e cada batida corresponde a uma semínima. 

No teclado esta indicação servirá como base para a programação do instrumento, pois, 120 unidades de tempo por minuto, corresponde ao tempo 120 no teclado. 

Quando o compositor não quer fixar com rigidez o andamento, preferindo deixar ao intérprete uma certa margem de escolha. Nesse caso, a indicação é feita da seguinte forma: 

( Semínima = 104 – 112 ) entre 104 e 112 semínimas por minuto” ou ( Semínima ± 108 ) mais ou menos 108 semínimas por minuto. 

O metrônomo foi inventado por Dietrich Nikolaus Winkel, um relojoeiro de Amsterdã, em 1812. Johann Mälzel copiou muitas das idéias de Winkel e recebeu a patente pelo metrônomo portátil em 1816. Ludwig van Beethoven foi o primeiro compositor a indicar marcas de metrônomo nas suas partituras em 1817, embora as marcas extremamente rápidas que colocou em algumas peças levaram alguns estudiosos modernos a acreditar que o metrônomo que ele utilizava fosse muito impreciso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...